Notícias

Loading...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Aula: Escalas da Equipe de Enfermagem



Escala de Pessoal de Enfermagem
-  É uma atividade complexa que dispende tempo e requer, da parte de quem a faz, conhecimento para desenvolvê-la de forma racional, assegurando que a assistência de enfermagem seja prestada durante 24 horas no contexto hospitalar ou durante o período de atendimento noutras instituições de assistência à saúde.   
-  Refere-se à distribuição dos elementos da equipe de enfermagem de uma unidade, durante todos os dias do mês, segundo os turnos de trabalho (manhã, tarde e noite).
-  É onde é registrado os horários de trabalho e também as folgas, férias e licenças dos elementos da equipe.
Pontos a serem considerados na elaboração da Escala Mensal
-  Conhecimento das leis trabalhistas que subsidiam a elaboração da escala.
  Ex: a) O trabalho noturno corresponde ao trabalho das 22h às 05h. A hora noturna equivale a 52 minutos e 30 segundos. Portanto, 7 horas noturnas = 8 horas diurnas (daí o porque do adicional noturno).
  b) Não é considerada falta ao serviço, até 15 dias, em caso de doença devidamente comprovada (atestado médico).
-  Conhecimento do regulamento da instituição, do regime do serviço de enfermagem e das atribuições dos elementos da equipe de enfermagem.
  Ex: A quantidade de trocas de plantão permitidas.
-  Conhecimento da duração semanal de trabalho do pessoal de enfermagem na instituição.
  Ex: 30h (12x60h), 40h(12x36h), não podendo ultrapassar 44 horas semanais.
-  Conhecimento das características da clientela, da dinâmica da unidade e da equipe de enfermagem.
   - Humanização na elaboração da escala.
Determinação de um cronograma para a elaboração da escala
-  Até que dia do mês os funcionários podem solicitar folgas;
-  O período para elaboração da escala;
-  A data de entrega para a chefia do serviço de enfermagem;
-  A data em que a escala, aprovada pela chefia do serviço de enfermagem, deverá voltar a unidade, a fim de ser afixada.
Recomendações na elaboração da escala
-  Nome completo de cada funcionário e cargo que ocupa;
-  Usar código: M (manhã), T (tarde), SD (serviço diurno) ou PL (plantão durante o dia), SN (serviço noturno), F (folga) e Fe (férias).
-  Ressaltar na escala sábados, domingos e feriados;
-  Certificar-se de que o número de folgas correspondem ao mês;
-  Evitar acúmulo de folgas de um mês para outro;
-  Observar retorno de férias em dia útil;
-  Verificar se há equilíbrio em número e qualificação profissional do pessoal nos plantões;
-  Procurar distribuir folgas de forma equitativa entre os funcionários;
-  Consultar escala anterior para verificar o último plantão que o funcionário trabalhou.
Escala de Férias
-  As férias devem ser distribuídas racionalmente para o bom andamento do serviço e satisfação do pessoal.
-  Após cada período de 12 meses de vigência do contrato de trabalho, o funcionário terá direito a férias.
-  Caso não tenha faltas, terá direito a 30 dias de férias corridos. A medida que tiver faltado, o número de dias de férias diminuirá proporcionalmente.
-  A concessão de férias será participada ao funcionário com antecedência mínima de 30 dias.
-  A época de concessão de férias será a que melhor atenda aos interesses do empregador, porém sem perder de vista os aspectos relacionados à humanização.
Escala Diária ou de Atividades
-  Objetiva dividir as atividades de enfermagem, diariamente, de maneira equitativa, entre os elementos da equipe, a fim de garantir que a assistência de enfermagem seja prestada e de evitar sobrecarga para alguns funcionários e ociosidade para outros.
-  A escala diária deverá ser elaborada pela enfermeira responsável pelo plantão.
-  A escala de atividade depende do método de trabalho utilizado pelo serviço de enfermagem, ou seja, pode ser funcional cujo enfoque reside na distribuição de tarefas. Na assistência integral, a escala será por pacientes, aos quais serão prestados todos os cuidados ao longo do plantão  
Vamos tentar construir uma escala?
-  Num CTI de 06 leitos, com 16 enfermeiros e 13 técnicos de enfermagem. Sendo a jornada de trabalho de 30 horas semanais.Qual seria a sua sugestão de escala para o CTI funcionar com assistência de enfermagem contínua nas  24h?
   Deve ter alguém de férias, pois em todos os meses tem afastamento em função de férias.
-  Lembrete:diarista: manhã (M=7:00 às13:00h) e tarde(T=13:00 às 19:00h) de 2ª a 6ª feira. Numa jornada semanal de 30h, os plantões devem ser de 12x60h (SD=7:00 às 19:00h e SN=19:00 às 7:00h)

Nenhum comentário:

Postar um comentário